Aldeia da Cerdeira recebe o Guitolão

25 de Novembro de 2014

Tal como tem vindo a ser habitual ao longo de todo o ciclo Xjazz, o Jazz ao Centro Clube (JACC), irá levar a música contemporânea a lugares onde esta é mais inacessível. Desta feita, a localidade contemplada é Cerdeira, uma aldeia de xisto na Lousã.

O mote desta residência é o Guitolão, nome dado ao instrumento tocado por António Eustáquio, uma guitarra portuguesa barítono idealizada por Carlos Paredes e construída por Gilberto Grácio. O encontro deste instrumento tradicional com o contrabaixo de Carlos Barretto remete-nos para o encontro de Paredes com o contrabaixista Charlie Haden, em concerto, no ano de 1990.

Do trabalho conjunto destes dois músicos, na Cerdeira, resultará um disco a editar, futuramente, pela JACC Records, editora do Jazz ao Centro Clube.

A residência terá lugar na Casa das Artes e Ofícios da Cerdeira e a apresentação pública está marcada para 28 de Novembro, pelas 22h00, no Welcome Center Aldeias do Xisto da Lousã.

A iniciativa é organizada em parceria pelo Jazz ao Centro Clube e pela ADXTur, entidade que vem promovendo a riqueza natural e cultural das aldeias do xisto.